Como regular o sono de forma simples, prática e sem segredos

como regular o sono

Nos textos clássicos do Ayurveda, diz-se que assim como flor de lótus, durante o sono, o nosso coração se recolhe e perde a consciência do mundo exterior. Há milhares de anos, o Ayurveda já nos indicava como deveria ser o nosso sono.

“Assim como flor de lótus, durante o sono, o nosso coração se recolhe e perde a consciência do mundo exterior.”

Mas acontece que a gente vive em uma sociedade muito doida. E ela impede a gente de desconectar do mundo exterior e ter um sono de qualidade.

Sabe aquele impulso de dar só mais uma olhadinha no Instagram antes de dormir? Ou de deixar a televisão ligada até você pegar no sono? Então, tudo isso te impede de ter um sono de qualidade.

E por mais que você não perceba de imediato, isso vai te deixando mais estressada, ansiosa, cansada…

Tanto é que, no Brasil, cerca de 40% da população têm algum tipo de dificuldade para dormir e eu recebo muitas pacientes com esse problema no meu consultório.

Por isso, hoje resolvi compartilhar com você algumas dicas simples e práticas de como você pode regular o seu sono e voltar a ter uma boa noite de descanso.

Falta ou excesso de sono?

A média de horas de sono que uma pessoa precisa é de 7h a 8h por noite. Se você dorme muito mais ou muito menos do que isso, pode ter um desequilíbrio importante na sua saúde.

A gente sabe que 3 a 4 horas de sono não são suficientes para ninguém. Se essa é a média de horas de sono que você tem por noite, pode haver algo de errado, como ansiedade, por exemplo.

Da mesma forma, se você precisa de 10, 12, 14 horas de sono por noite, todas as noites, também pode estar sofrendo de algum tipo de problema, como processos inflamatórios crônicos.

E como você pode saber o que está acontecendo e assim entender como regular o sono? Consultando um bom profissional de saúde, que avalie o seu caso de forma individualizada.

A falta de sono

A insônia é o problema mais comum que a gente vê em relação ao pilar do sono porque ela é mais evidente.

Se você não dorme bem à noite, os sinais são claros: dificuldade de concentração, cansaço ao longo do dia e até enxaqueca. Esses são sintomas claros de Vata dosha agravado.

E, se você me acompanha há algum tempo, sabe que o Vata é o principal causador de distúrbios no organismo.

O excesso de sono

O excesso de sono sempre acaba sendo deixado em segundo plano porque, na maioria das vezes, a gente acha que “só estava um pouco cansado”.

Mas a verdade é que o excesso de sono pode indicar outros problemas de saúde, como inflamação do organismo ou depressão, por exemplo. Por isso, é importante que você tenha o acompanhamento médico adequado para identificar o que está acontecendo com a sua saúde.

Leia também Como desinflamar o corpo

Sono: nosso sistema de recolhimento e entrega

O sono deve ser pensado como nosso sistema de recolhimento e entrega. Ele é a fase de restauração do nosso corpo. Durante esse período a gente perde a consciência do mundo exterior. Percebe como isso é o máximo da entrega?

Uma pessoa pode entrar no seu quarto e você não se dar conta. O sol pode raiar lá fora sem que você perceba isso. Alguém pode colocar uma música pra tocar e você não ouvir.

Segundo os clássicos ayurvédicos, você só dorme de fato quando todos os seus sentidos perdem a conexão com seu ambiente imediato. Isso significa que durante o sono você não deveria perceber sons, imagens, cheiros, toques e sabores.

O sono deve ser pensado como nosso sistema de recolhimento e entrega.

Dormir bem regula inúmeros processos do nosso organismo que são fundamentais para a manutenção da nossa vida diária, como a formação de músculos, a consolidação da memória e a regulação hormonal, por exemplo.

Se tudo isso é verdade, a gente precisa de um ambiente que proporcione o recolhimento adequado, certo?

É por isso que eu sempre digo que você precisa construir um templo do sono na sua casa. Um lugar que te permita descansar de verdade, perder a consciência do mundo exterior e se sentir segura para dormir suas 8 horas de sono sem preocupações.

E para te ajudar nisso, selecionei 3 dicas simples e práticas para você começar a aplicar hoje mesmo. Dá só uma olhada:

3 dicas práticas para ter uma boa noite de sono

1. Pare de consumir líquidos de 1 a 2 horas antes de dormir

Muitas pessoas bebem água antes de dormir e, durante a noite, acabam acordando para ir ao banheiro. Saindo do banheiro, elas ainda tomam mais água antes de deitar de novo, o que leva a mais uma ida ao banheiro durante a madrugada.

Se você é dessas pessoas, minha dica número 1 para ter uma boa noite de sono é você parar de beber água de 1 a 2 horas antes de ir dormir. Essa pequena mudança de hábitos já vai te ajudar a regular o seu sono.

2. Reveja o horário do seu jantar

Você janta muito perto da hora de dormir? Se você come às 21h e deita para dormir às 21h30, pode passar a noite inteira tentando digerir essa comida.

Isso porque seu organismo reduz o metabolismo durante a noite, o que dificulta a sua digestão. E como toda a atenção do seu corpo vai estar na digestão nesse momento, é bem provável que você não consiga pegar no sono.

O jantar é uma das principais causas de má qualidade de sono que eu vejo na clínica. As pessoas jantam muito tarde, muito pesado e comidas estimulantes, como doces, inundando o corpo de energia quando ele deveria estar se preparando para descansar.

Ah, Matheus, então qual é  o horário ideal para jantar?

Eu não acredito que exista um horário ideal para jantar. Mas uma das recomendações que eu costumo fazer para os meus pacientes é para comer coisas leves, como uma sopa de lentilha, abóbora ou legumes, por exemplo.

Outro conselho que eu posso te dar é procurar fazer a última refeição o mais próximo possível do pôr do sol. Eu sei que não é todo mundo que gosta dessa recomendação, mas vale a pena você testar.

Jantando às 18h e indo dormir às 21h, você tem 3 horas para o seu organismo fazer a digestão. Assim, melhora o seu sono e ainda tem a chance de acordar às 5h, aproveitando melhor o seu dia.

3. Elimine do seu quarto os equipamentos eletrônicos

Se toda vez que você abre o olho durante a noite dá uma olhada no celular para ver se tem algo novo no Instagram, eu tenho uma notícia pra te dar: não tem nada de novo por lá.

E mais: tudo o que está lá pode ser visto no dia seguinte.

Os eletrônicos perturbam o seu sono. Perturbam suas ondas cerebrais, inclusive. Então, o melhor é deixar o seu celular, notebook, televisão, etc., lá na sala.

Ah, Matheus, mas isso é muito radical.

Pode parecer radical, mas o que é mais importante para você: ter uma boa noite de sono ou ver seu feed do Instagram pela décima vez no dia?

A vida é feita de escolhas, e quando você escolhe ter uma vida com mais saúde, precisa abrir mão daquilo que faz mal à sua saúde (e que nem é tão importante assim, vai?).

Bom, espero que essas três dicas te ajudem a melhorar a qualidade do seu sono e a perceber que, às vezes, a gente nem precisa de remédios para um determinado problema. Basta revisitar os seus hábitos e entender o que está causando o problema.

Essa é uma das grandes bases do Ayurveda. Ir na causa do desequilíbrio, não no sintoma. Eliminando a causa, você evita de voltar a ter problemas para dormir.

Se você quiser saber mais sobre como regular o seu sono, eu tenho uma outra dica: olhe com cuidado para o seu pilar da alimentação. A qualidade do que você come afeta diretamente a qualidade do seu sono.

E, caso você queira dar um passo a mais nessa jornada de autocuidado e saúde, baixe agora o Planner dos 4 Pilares da Saúde. Uma ferramenta incrível que eu e minha equipe desenvolvemos para te ajudar a cuidar da sua saúde todos os dias do ano de forma simples, prática e intuitiva.

Abraços e lembre-se sempre: SAÚDE É LIBERDADE!

Matheus

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.