Como tratar insônia de acordo com o Ayurveda?

como tratar insônia com ayurveda

Você tem dificuldade para dormir? Acorda durante a noite ou, quando acorda, sente que não descansou o suficiente? Você pode ter insônia, um distúrbio que afeta 73 milhões de brasileiros.

Muita gente pensa que ter insônia é algo normal e que uma noite de sono mal dormida não faz mal algum. Porém, a insônia  pode estar ligada a outros problemas, como ansiedade, depressão e até problemas cardiovasculares.

O que é insônia?

Essencialmente, insônia é a perturbação do sono, que pode ter várias características. Ela pode se apresentar no início do sono; durante o sono; no fim do sono; e na sensação de cansaço ao acordar.

Para tentar entender essa questão, muitas pessoas me questionam qual é o tempo ideal de sono. A resposta é que depende!

Por exemplo, se você pratica muita atividade física, provavelmente precisa dormir mais do que uma pessoa sedentária. Vários fatores interferem, inclusive a idade. Entretanto, o mais comum é necessitar de 7 a 8 horas de sono por noite. 

Não significa que para todas as pessoas esse é o tempo correto para todas as noites. Não tem problema se você dormir apenas 6 ou dormir por até 12 horas. 

Mas caso isso aconteça com frequência, pode ser um indicativo de um desequilíbrio no organismo. 

Sintomas da insônia

Bom, o principal sintoma da insônia é a dificuldade de dormir, é claro.

O segundo  sintoma de insônia é acordar muito cedo. Nesse caso, temos uma divergência entre o que a sociedade considera muito cedo e o que o Ayurveda considera muito cedo.

Isso porque no Ayurveda temos o Brahma Muhurta, que é por volta de uma hora antes do amanhecer, e é considerado o horário ideal para acordar. Então, quando eu digo acordar muito cedo, estou falando da madrugada, 2 ou 3 horas da manhã.

Acordar durante a noite é outro sintoma de insônia. Assim como dormir a noite inteira e acordar cansada.

O cansaço diurno e a sonolência são outros sintomas, assim como irritabilidade, depressão, perda de memória, aumento nos erros, dificuldade de concentração e ansiedade.

O motivo é que a falta de sono prejudica seu cérebro, causando tudo isso. 

Causas da insônia

A primeira causa da insônia, sem dúvida, é o estresse. Trabalho, família, compromissos, preocupações, afazeres de casa e a correria diária levam facilmente ao estresse na vida urbana. 

Em segundo lugar, o que provoca insônia podem ser horários de trabalho e de estudo ruins. Meus pacientes relatam questões como ter aula até às dez e meia da noite, plantões durante a madrugada no trabalho ou um chefe que manda e-mails em qualquer horário do dia ou da noite, por exemplo.

Essas situações são problemáticas, pois podem provocar insônia pela exposição excessiva a luzes e eletrônicos. Nesses casos, o ideal é tentar remanejar seus horários e desenvolver uma higiene do sono.

Os maus hábitos de sono ou uma rotina noturna ruim são a terceira causa da insônia. No Ayurveda chamamos isso de ratricharya.

Comer muito e logo antes de dormir é a causa número quatro. Já problemas de saúde mental, algumas condições médicas específicas ou o uso de determinados medicamentos são fatores secundários para o desenvolvimento da insônia. 

Para Matthew Walker, um dos maiores pesquisadores do sono no mundo, existem três grandes causadores de insônia: cafeína, nicotina e álcool.

A cafeína atua nos nossos receptores de adenosina, e por isso bagunça nosso ciclo de sono. Existem pessoas que demoram até 24 horas para metabolizar a cafeína. Assim como a cafeína, a nicotina também é um estimulante. 

Já o álcool, é visto como relaxante por muitas pessoas, mas na realidade ele dificulta muito que o sono seja reparador. Ou seja, pode até ajudar a dormir, mas prejudica a qualidade do sono.

Fatores de risco para insônia

Entre os principais fatores de risco para a insônia, temos a idade. Pessoas com mais de 60 anos têm uma propensão maior para a insônia. No Ayurveda, essa é a fase da vida em que predomina o Vata dosha

Mulheres também têm mais probabilidade de desenvolver insônia, devido às oscilações hormonais. Inclusive, a menopausa é um período em que muitas têm insônia.

Alguns momentos específicos do ciclo menstrual também são potenciais disruptores do ciclo do sono. Em ambos os casos, são as oscilações de Vata Dosha que causam a insônia.

Situações de estresse, doenças, problemas de saúde específicos e rotinas irregulares também são fatores de risco. Todas essas questões estão relacionadas ao desequilíbrio de Vata Dosha

Ou seja, quase sempre a dificuldade de dormir está relacionada ao Vata agravado. Desse modo, regularizar os horários de trabalho e estudo, comer sempre nos mesmos horários e fazer exercícios todos os dias já é considerado um tratamento para insônia. O corpo responde a ritmos, então criar uma rotina ajuda a dormir sempre no mesmo horário e evitar a insônia. 

Complicações da insônia

A insônia é o que impede o corpo de se energizar e se revitalizar, de modo que gera complicações como o baixo desempenho no trabalho, na escola e em esportes, por exemplo. Ou seja, desempenho atlético, intelectual e social. Quem não dorme direito simplesmente tem uma vida abaixo do potencial. 

Seu tempo de reação também fica mais lento, o que leva a um aumento no potencial de sofrer acidentes, inclusive de trânsito.

A incidência de transtornos de saúde mental também é maior entre pessoas com insônia. É o caso de ansiedade, depressão e síndrome do pânico, por exemplo. 

Na verdade, não dormir bem significa degradar lentamente a saúde como um todo, porque também torna-se mais fácil desenvolver doenças crônicas. O motivo é que a ausência de sono leva à diminuição da imunidade a longo prazo. 

Nidra e a influência dos doshas

Nidra é sono em sânscrito. Já anidra é insônia ou falta de sono. Os cinco doshas podem estar conectados à insônia, tanto os 3 doshas do corpo (Vata, Pitta e Kapha), quanto os 2 da mente (Rajas e Tamas). 

Entretanto, Vata e Rajas são predominantes para causar distúrbios do sono. O agravamento de Kapha geralmente torna o sono mais pesado e duradouro. 

Já o Rajas agravado torna a mente mais ativa, enquanto o Tamas agravado tende para a mente inativa, ou seja, pode causar letargia. Kapha e Tamas são considerados fundamentais para que o sono aconteça. 

Quando uma pessoa tem insônia profunda, ela pode acabar levando ao agravamento de todos os doshas. Afinal, a falta de sono pode levar a muitos problemas diferentes, desde digestão prejudicada até a depressão.

Nidana parivarjana, shamana chikitsa e shodhana chikitsa

Nidana parivarjana é a primeira parte de qualquer tratamento, aquela em que você remove a causa do problema. Assim, o primeiro passo para tratar a insônia é agir diretamente na causa. 

Ou seja, se a insônia é por horários desregulados, você precisa regular. Se a causa é o jantar tardio, você precisa jantar mais cedo. Se a causa é o estresse, você precisa encontrar formas de gerenciar esse estresse. Sem o nidana parivarjana, todas as outras medidas são inúteis. 

Em seguida, vem o shamana chikitsa, que é o tratamento dos doshas agravados, sem remover do corpo. Dependendo do dosha, temos vários alimentos, remédios e sabores que podem contribuir.

Shodhana chikitsa é o passo final, a retirada de doshas e toxinas do corpo. Tratando-se de tratamentos para insônia, podemos usar o panchakarma, que neste caso, consiste principalmente em oleações para eliminação do Vata agravado do corpo. 

Como se aprofundar no Pilar do Sono

O pilar do sono está relacionado ao movimento, ao silêncio e à alimentação. Todos os quatro pilares da vida agem integrados na nossa saúde.

Como tratamento para insônia, é necessário repensar o pilar da alimentação, em primeiro lugar. Se você se alimenta mal, nos horários errados e com refeições pesadas antes de dormir, não adianta tomar ashwagandha para dormir melhor. É necessário rever hábitos alimentares e investir no que permite o sono de maior qualidade.

Em segundo lugar, se você não faz atividade física todos os dias, está perdendo a oportunidade de melhorar seu sono e sua saúde em geral. Já o terceiro pilar, que é o pilar do silêncio, é o que permite acalmar a mente. Ele é a base da saúde mental, de forma que envolve várias questões que já abordei aqui, como depressão e ansiedade.

Para se aprofundar no Pilar do Sono, o melhor é aprender sobre os 4 pilares da saúde. Para isso, nós temos o Curso 4P1 Online, que é focado em alimentação, movimento, sono e silêncio.

Se você não tem dormido bem ou conhece alguém que tem insônia, vale a pena investigar as causas dessa dificuldade e buscar soluções mais naturais, como desenvolver uma rotina noturna saudável ou aplicar os conhecimentos do Ayurveda no seu dia a dia para melhorar a qualidade do seu sono.

Espero que este artigo tenha te ajudado a entender melhor o que é insônia e como tratá-la. E, se você quiser se aprofundar no assunto, te convido a assistir ao vídeo a seguir:

Abraços e lembre-se sempre: SAÚDE É LIBERDADE!

Matheus

2 comentários em “Como tratar insônia de acordo com o Ayurveda?”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.