Pular para o conte√ļdo

Yoga, uma filosofia de vida

Voc√™ sabe o que √© o yoga? N√£o exatamente? Fica na d√ļvida se o yoga √© uma filosofia de vida ou apenas um exerc√≠cio? Ent√£o esse artigo √© para voc√™!

Fica comigo até o final, que eu vou adorar te contar um pouquinho sobre essa prática admirável.

Yoga é apenas uma atividade física ou é uma filosofia de vida?

O yoga tem como principal inten√ß√£o a uni√£o do corpo e da mente com o todo. A palavra s√Ęnscrita significa unidade e deriva da ra√≠z yuj, traduzida como unir ou juntar, que por si s√≥ nos indica um fundamento.

Uma gota do oceano, quando no seu lugar de origem, é o oceano.

Mantendo a aten√ß√£o aos nossos impulsos e rea√ß√Ķes, beneficiamos nossos relacionamentos em um √Ęmbito geral e essa filosofia nos mostra muito sobre isso.

Segundo a tradi√ß√£o, com uma vida de a√ß√£o e disciplina, podemos lidar melhor com a mente, controlando melhor nossas emo√ß√Ķes.¬†

Almejando a equanimidade, torna-se poss√≠vel aceitar de melhor maneira os desafios que se apresentam durante a vida. Percebemos assim as nossas tend√™ncias reacionais e trabalhamos para control√°-las, buscando entender que a verdadeira satisfa√ß√£o n√£o depende de circunst√Ęncias externas.

‚ÄúYogaŇõ citta vrŐ•tti nirodhaŠł•.‚Äô‚Äô¬†
‚ÄúYoga √© equilibrar os movimentos da mente.‚ÄĚ
 (Yoga Sutras de Patanjali 1.2)

Origem e Evolução Histórica da Yoga

Nas profundezas do tempo, nas terras vener√°veis da √ćndia antiga, nasceu a yoga – uma joia da sabedoria ancestral. Esta pr√°tica milenar, enraizada nas tradi√ß√Ķes v√©dicas, evoluiu ao longo dos s√©culos, transformando-se e adaptando-se, mas sempre mantendo sua ess√™ncia divina. A yoga, inicialmente um caminho espiritual para os s√°bios e eremitas, gradualmente floresceu em um sistema abrangente para o bem-estar integral, cruzando fronteiras e eras com sua mensagem de uni√£o e harmonia.

A Relev√Ęncia Crescente da Yoga no Ocidente

Na modernidade agitada do Ocidente, a yoga surgiu como um ref√ļgio sereno, oferecendo um o√°sis de paz em meio ao turbilh√£o da vida cotidiana. Sua ascens√£o no mundo ocidental, mais do que uma tend√™ncia, √© um testemunho do anseio humano por equil√≠brio e autodescoberta. Yoga, com sua abordagem hol√≠stica, oferece n√£o apenas uma forma de exerc√≠cio f√≠sico, mas um caminho para a serenidade mental, a sa√ļde emocional e a expans√£o espiritual, atendendo √†s necessidades profundas da sociedade contempor√Ęnea.

Os Oito Pilares da Yoga e Seu Significado Holístico

Os Oito Pilares da Yoga, conhecidos como Ashtanga Yoga, são o coração pulsante desta filosofia ancestral. Cada pilar é um degrau na escada para a elevação da consciência, uma jornada de transformação interior que começa no comportamento ético e culmina na iluminação espiritual. Juntos, eles formam um caminho sagrado, guiando o praticante através de um processo de refinamento pessoal e despertar espiritual, iluminando o caminho para a verdadeira natureza do ser.

Yama: Princ√≠pios √Čticos e Morais

Yama, o primeiro pilar, é a fundação ética da jornada yóguica. Estes princípios morais, que incluem não-violência, verdade, não-roubo, moderação e não-possessividade, são faróis que guiam o praticante na senda da vida. Eles são o reflexo de uma conduta consciente e compassiva, essencial para a purificação do coração e da mente, preparando o terreno para uma prática yóguica mais profunda.

Niyama: Autodisciplina e Pr√°ticas Espirituais

Niyama, o segundo pilar, ilumina o caminho da autodisciplina e das pr√°ticas espirituais. Estes cinco preceitos – pureza, contentamento, austeridade, estudo de si e entrega ao Divino – s√£o como estrelas a guiar o praticante na sua viagem interior. Cultivando essas qualidades, o yogue aprofunda sua conex√£o com o self e o universo, pavimentando o caminho para uma compreens√£o mais elevada.

Asana: Posturas Físicas e Seus Benefícios Internos

Asana, o terceiro pilar, √© frequentemente o primeiro encontro de muitos com a yoga. Mais do que meras posturas f√≠sicas, cada asana √© um gesto de respeito ao corpo, uma dan√ßa sagrada de equil√≠brio e for√ßa. Ao praticar asanas, o yogue cultiva n√£o apenas a sa√ļde f√≠sica, mas tamb√©m a estabilidade emocional e a clareza mental, preparando o corpo como um templo digno para o esp√≠rito.

ńÄsana s√£o posturas meditativas firmes e est√°veis que diferem de apenas uma pose ou de um tipo de gin√°stica, por exemplo. 

Existem muitas discuss√Ķes acerca da tradu√ß√£o dessa palavra e, para muitos, as defini√ß√Ķes n√£o s√£o suficientes para expressar a ess√™ncia desses padr√Ķes posturais. 

Polêmicas à parte, a prática cotidiana das posturas traz relaxamento físico e mental.

Ademais, nos faz ter respeito e paci√™ncia com o nosso corpo. Se esperamos evoluir em for√ßa e resist√™ncia, √© preciso a const√Ęncia na execu√ß√£o. Al√©m disso, um ńĀsana consistente acaba por beneficiar o estado meditativo, tornando mais ating√≠vel permanecer im√≥vel em plena consci√™ncia.

As posturas espec√≠ficas resultam inclusive em uma limpeza dos nossos canais de energia, os nadis (naŠłćńę), equilibrando o fluxo natural do corpo, auxiliando-nos a manter a mente sempre focada no momento presente.

Mesmo não sendo correto classificá-lo apenas como prática física, ainda assim o yoga pode ser muito favorável quando buscamos movimentar mais o corpo, já que nos brinda com mobilidade, alongamento, força e resistência, proporcionando benefícios tangíveis para qualquer pessoa, além de nos incentivar a buscar a plenitude.

Pranayama: Controle da Respiração e Energia Vital

Pranayama, o quarto pilar, é a arte sagrada do controle da respiração. Nesta prática, o sopro é mais do que ar Рé a energia vital, o prana, a força que anima toda a existência. Através do pranayama, o praticante aprende a regular e harmonizar essa força vital, acalmando a mente e energizando o corpo, abrindo as portas para estados superiores de consciência.

Pratyahara: Retração dos Sentidos para a Autoconsciência

Pratyahara, o quinto pilar, convida o praticante a virar os sentidos para dentro, longe das distra√ß√Ķes do mundo exterior. √Č o ato de retirar a energia que normalmente √© dispersa atrav√©s dos sentidos e redirecion√°-la para a ilumina√ß√£o interior. Pratyahara √© um passo crucial para a introspec√ß√£o profunda e a verdadeira compreens√£o de si.

Dharana: Concentração e Foco Mental

Dharana, o sexto pilar, √© a pr√°tica da concentra√ß√£o inabal√°vel. Aqui, o yogue aprende a focar a mente em um √ļnico ponto, liberando-a das distra√ß√Ķes e oscila√ß√Ķes constantes. Este dom√≠nio da concentra√ß√£o √© essencial para o avan√ßo na jornada y√≥guica, pavimentando o caminho para a verdadeira medita√ß√£o.

Dhyana: Meditação e Auto-Reflexão

Dhyana, o s√©timo pilar, √© o estado sublime de medita√ß√£o. Nesta etapa, a concentra√ß√£o se transforma em uma medita√ß√£o profunda e cont√≠nua, onde a no√ß√£o de ‘eu’ se dissolve na experi√™ncia da unidade. Dhyana √© um oceano de tranquilidade e clareza, um ref√ļgio sereno onde o praticante pode mergulhar nas profundezas do seu ser.

Samadhi: Estado de Consciência Expandida e Iluminação

Samadhi, o oitavo e √ļltimo pilar, √© o cume da jornada y√≥guica, um estado de consci√™ncia expandida onde o praticante experimenta uma uni√£o total com o Divino. Neste estado transcendental, as barreiras entre o eu e o universo desaparecem, revelando a verdadeira natureza do ser e do cosmos. Samadhi √© o despertar final, a realiza√ß√£o da paz eterna e da ilumina√ß√£o.

Uma pr√°tica milenar de autoestudo

O yoga √© um dos 6 darshanas (darŇõana), ou escolas filos√≥ficas da tradi√ß√£o v√©dica, preceito que por defini√ß√£o abarca tudo aquilo que deriva dos Vedas, esse corpo de conhecimento √ļnico que tem como maior objetivo nos mostrar que √© poss√≠vel vivermos livres do estado de sofrimento. 

√Č uma filosofia de vida originada na √ćndia, datada de mais de cinco mil anos, tendo como textos cl√°ssicos mais conhecidos o Bhagavad GńętńĀ (que faz parte do √©pico Mahabharata), os Yoga SŇętras de Pata√Ījali, o GheraŠĻኳća SaŠĻĀhitńĀ, o DarŇõana UpaniŠĻ£ad e o HaŠĻ≠ha Yoga PradńępikńĀ, todos tidos como textos que estabelecem as bases dessa sabedoria milenar.

‚ÄúQuando a decep√ß√£o me olha nos olhos e sozinho eu n√£o vejo sequer um raio de luz, eu me volto para a Bhagavad GńętńĀ. Eu encontro um verso aqui, um outro verso ali e imediatamente come√ßo a sorrir em meio a trag√©dias esmagadoras. Minha vida tem sido cheia de trag√©dias externas e se elas n√£o deixaram nenhuma cicatriz vis√≠vel ou permanente em mim, devo tudo aos ensinamentos do Bhagavad GńętńĀ.‚ÄĚ  

Mahatma Gandhi – Reformador social indiano

Em uma das obras mais reverenciadas que marca o yoga cl√°ssico, os Yoga SŇętras de Pata√Ījali (o s√°bio respons√°vel por oferecer de forma clara e pedag√≥gica a sabedoria do yoga), no segundo cap√≠tulo encontramos o instrumento para kaivalyńĀ, a libera√ß√£o da condi√ß√£o de sofrimento, que nos leva a estar em estado ‚Äúinteiro‚ÄĚ, puro e perfeito. O cap√≠tulo √© dedicado √† sadhana, as pr√°ticas cotidianas que nos encaminham ao encontro de um objetivo. 

Silenciando a mente com o yoga

Com pratyńĀhńĀra, o dom√≠nio sobre as influ√™ncias externas descrito nesse mesmo compilado como o quinto membro do AŠĻ£ŠĻ≠ńĀŠĻÖga Yoga (as qualifica√ß√Ķes e disciplinas que nos mostram de uma maneira sistem√°tica e organizada, oito partes essenciais para vivenciar a realidade dessa filosofia, determinadas por Pata√Ījali), percebemos que recolher os sentidos pode nos auxiliar a compreender melhor o que comp√Ķe o yoga. 


Do s√Ęnscrito, prati significa retrair, abster-se e ńĀhńĀra √© traduzida como alimento, como aquilo que nos nutre. PratyńĀhńĀra consiste em recolher aquilo que nos nutre, ou seja, nesse caso, os nossos sentidos. Aqueles que s√£o respons√°veis por captar todos os tipos de est√≠mulos que recebemos do nosso entorno. Esquecendo esses est√≠mulos √† nossa volta, serenando a nossa mente e interiorizando as sensa√ß√Ķes, podemos seguir para os pr√≥ximos passos em busca de uma concentra√ß√£o profunda e uma condi√ß√£o meditativa mais s√≥lida.


‚ÄúSeja qual for a raz√£o pela qual a mente inconstante e sempre em movimento se disperse, que a pessoa, afastando a mente dessa raz√£o, traga-a de volta sob o seu controle‚ÄĚ. 

Bhagavad Gita 6.26

Recolhendo os sentidos com frequ√™ncia, podemos alcan√ßar uma mente ekńĀgratńĀ, assim dizendo, uma mente focada que vai a fundo relacionando-se integralmente com algo, fixando a aten√ß√£o em alguma coisa determinada, em um √ļnico ponto. Esse estado exige entrega, disciplina, presen√ßa, pureza mental e f√≠sica, tranquilidade, determina√ß√£o e compromisso. Portanto yoga tamb√©m √© medita√ß√£o; medita√ß√£o tamb√©m √© yoga e ambos s√£o essenciais para o autoconhecimento, ou autoestudo como prefiro chamar. 

Mesmo sendo uma pr√°tica fundamentalmente de autoestudo, na tradi√ß√£o existe um princ√≠pio chamado paramparńĀ que, como conceito, √© o conhecimento passado de professor a aluno. Essa necessidade existe n√£o para que fiquemos dependentes de outra pessoa e sim para que tenhamos clareza para compreender os ensinamentos do yoga, vindo de quem j√° teve uma experi√™ncia pr√°tica e direta, algu√©m que j√° esteve ‚Äúnesse lugar‚ÄĚ e por meio do conhecimento adquirido pode nos fornecer uma base s√≥lida, evitando diversos equ√≠vocos que teriam potencial de acontecer pelo caminho.

‚ÄúQuando olhamos al√©m dos benef√≠cios √† sa√ļde, o que significa estar atento? Eu diria que significa conhecer a si mesmo. No caso de qualquer pessoa que deseje gozar de boa sa√ļde, conhecer a si mesmo significa, em primeiro lugar, saber o que est√° acontecendo na sua mente.‚ÄĚ

Dr. Fréderic Rosenfeld РPsiquiatra e Dr. em Neurociência, estudioso de meditação


Diferentes Estilos e Abordagens de Yoga

A jornada do yoga √© t√£o diversa quanto as ondas no oceano. Cada estilo e abordagem oferece um caminho √ļnico para explorar as profundezas do ser. Ao escolher um estilo de yoga, estamos escolhendo um guia para nossa jornada interior, cada um com sua pr√≥pria beleza e desafios.

Tabela: Estilos de Yoga e Suas Características

Estilo de YogaCaracterísticas
Hatha YogaFocado no equilíbrio e harmonia entre corpo e mente, este estilo é caracterizado por posturas (asanas) e técnicas de respiração (pranayama) que promovem serenidade e estabilidade.
Ashtanga YogaReconhecido por seu rigor e disciplina, este estilo din√Ęmico e exigente segue uma sequ√™ncia fixa de posturas, intensificando a for√ßa, a flexibilidade e a concentra√ß√£o.
Vinyasa YogaCaracterizado por um fluxo contínuo de movimento sincronizado com a respiração, este estilo é uma dança fluida através das posturas, cultivando graça e agilidade.
Kundalini YogaFocado no despertar da energia espiritual na base da coluna vertebral, utiliza uma combinação de posturas, cantos, meditação e pranayama para explorar e elevar a energia vital.

Como Incorporar a Yoga no Dia a Dia

Yoga n√£o √© apenas uma pr√°tica que se limita ao tapete; √© uma forma de viver. Incorporar yoga em nossa rotina di√°ria significa trazer sua ess√™ncia para cada momento, cada respira√ß√£o, cada escolha. √Č cultivar uma presen√ßa consciente, uma abordagem equilibrada para a vida, transformando o cotidiano em uma express√£o de yoga.

Dicas para Iniciantes: Encontrando Seu Estilo e Pr√°tica

Para quem está iniciando, o mundo do yoga pode parecer um labirinto de escolhas. Comece explorando diferentes estilos para encontrar aquele que ressoa com sua natureza. Seja paciente e gentil consigo mesmo, e lembre-se de que cada prática é um passo no caminho do autoconhecimento e do crescimento.

Criando um Espaço para Prática em Casa

Criar um espa√ßo para a pr√°tica em casa √© como construir um santu√°rio pessoal. Escolha um local tranquilo, longe de distra√ß√Ķes, e o decore de maneira simples e serena. Este espa√ßo deve ser um convite √† pr√°tica, um lembrete gentil da sua jornada interna.

Integrando a Yoga na Rotina Di√°ria

Integrar yoga na rotina diária é mais do que praticar asanas; é adotar uma atitude yóguica perante a vida. Comece com pequenas práticas: uma respiração consciente, uma postura de yoga pela manhã, ou alguns minutos de meditação. Faça da yoga uma companheira constante em seu dia.

Yoga Para Todos

Yoga √© um presente universal, dispon√≠vel para todos, independentemente de idade, g√™nero ou condi√ß√£o f√≠sica. √Č uma pr√°tica inclusiva que celebra a diversidade, oferecendo caminhos acess√≠veis para cada indiv√≠duo em sua singularidade.

Acessibilidade e Diversidade na Pr√°tica da Yoga

  • Adapta√ß√£o das posturas para diferentes capacidades f√≠sicas.
  • Uso de acess√≥rios como blocos, cintos e almofadas para facilitar a pr√°tica.
  • Aulas espec√≠ficas para grupos diversificados, como idosos, crian√ßas, gestantes, entre outros.
  • Inclus√£o e respeito √†s diferentes culturas e tradi√ß√Ķes na pr√°tica.

Yoga Para Diferentes Idades e Condi√ß√Ķes F√≠sicas

Yoga se adapta às necessidades de cada corpo e cada fase da vida. Para crianças, pode ser uma brincadeira; para idosos, um caminho para a mobilidade e vitalidade. Em cada condição física, a yoga oferece uma forma de conexão e bem-estar.

Encorajando a Pr√°tica Coletiva e Comunit√°ria

Yoga, enquanto pr√°tica coletiva, cria uma teia de conex√Ķes. Participar de aulas em grupo ou praticar com amigos e familiares n√£o apenas fortalece os la√ßos comunit√°rios, mas tamb√©m amplifica a energia da pr√°tica, criando uma experi√™ncia compartilhada de crescimento e descoberta.

Abrace o yoga como uma filosofia de vida

O yoga nos ensina a perceber as armadilhas de mayńĀ, as ilus√Ķes que surgem rotineiramente e que nos aprisionam em padr√Ķes de sofrimento. A filosofia do yoga nos mostra meios de perceber que somos um com todo o universo, pertencentes e plenos por natureza. Oferece ao praticante ferramentas que sustentam essa busca pela completude ou, em outras palavras, a busca pela t√£o sonhada ‚Äúfelicidade‚ÄĚ, que s√≥ pode acontecer quando nos comprometemos a trabalhar a nossa mente.

√Č uma verdadeira sabedoria na forma mais pura da palavra, uma filosofia de vida que busca transmitir o conhecimento libertador, aquele que ensina o indiv√≠duo a evoluir atrav√©s do desenvolvimento de auto disciplina e consci√™ncia, alcan√ßando o discernimento, que √© respons√°vel por nos oferecer clareza mental e consequentemente mais serenidade em qualquer cen√°rio.

Assim sendo, com abhyńĀsa e vairńĀgya, a perseveran√ßa e o desapego caminhando junto conosco pela jornada terrena, podemos ir ao reencontro da nossa base, do nosso √≠ntimo, do nosso verdadeiro eu. Abra√ßando o yoga com sinceridade, respeito e devo√ß√£o, desvencilhando a mente de apegos, avers√Ķes, julgamentos e cren√ßas, pode ser poss√≠vel acessar nosso estado natural, encontrando a lucidez e mais foco no dia a dia.

Interessante né? Que tal agora trazer um pouquinho do yoga pra sua vida?

Se quiser saber mais sobre os benefícios do yoga, assista o vídeo abaixo:

Se você já pratica yoga, conta pra gente nos comentários alguma dica para quem está começando!

Um abraço e nos vemos pela jornada!

Como se chama a pessoa que pratica Yoga e quem foi que inventou a Yoga?

A pessoa que pratica Yoga √© chamada de yogi (masculino) ou yogini (feminina). A inven√ß√£o da Yoga √© atribu√≠da a s√°bios antigos da √ćndia, e n√£o a um √ļnico inventor, sendo uma tradi√ß√£o que evoluiu ao longo de milhares de anos.

O que é Yoga e para que serve?

Yoga √© uma pr√°tica ancestral origin√°ria da √ćndia, que serve para harmonizar corpo, mente e esp√≠rito. Envolve posturas f√≠sicas, t√©cnicas de respira√ß√£o, medita√ß√£o e princ√≠pios √©ticos, visando o bem-estar integral e o desenvolvimento pessoal.

Qual a definição de Yoga?

Yoga é tradicionalmente definida como um conjunto de práticas que visam unir o indivíduo com o universal, alcançando um estado de paz e autoconhecimento.

Para quem é indicado o Yoga e quais são seus benefícios?

Yoga √© indicado para todos, independentemente da idade ou condi√ß√£o f√≠sica, pois suas pr√°ticas podem ser adaptadas. Os benef√≠cios incluem aumento da flexibilidade, redu√ß√£o do estresse, melhora da sa√ļde mental e f√≠sica, e equil√≠brio emocional.

Quais são as principais características e exercícios da Yoga?

As principais caracter√≠sticas da Yoga incluem a integra√ß√£o de asanas (posturas), pranayama (respira√ß√£o), dhyana (medita√ß√£o), e a ader√™ncia a princ√≠pios √©ticos como n√£o-viol√™ncia e verdade. Os exerc√≠cios variam desde posturas est√°ticas at√© sequ√™ncias din√Ęmicas de movimentos.

16 coment√°rios em “Yoga, uma filosofia de vida”

  1. Oi Tain√°
    Adorei o que voce escreveu.
    Parab√©ns….
    Gosto muito do VidaVeda.
    Fiquei feliz em saber que est√° ligada com eles.
    Sucesso pra ti…
    Abraço

  2. Gratidão essa é a Palavra!!

    Hoje, digo com certeza que aquela nuvem não me acompanha mais! Mudanças significativas aconteceram dentro de mim e ao entorno se mim.

    Momentos m√°gicos de Yoga e de Medita√ß√£o vieram para de fato mudar o meu pensar… meu interior, meu respirar, foco, crescimento, conectando-me a uma outra dimens√£o, m√°gico e sublime Universo transformador.

    Sim, ainda tenho dias ruins em minha vida, mas aprendi a lidar com as frustra√ß√Ķes, com a raiva, ansiedade e com isso a vida ficou mais leve, bem melhor de ser vivida.

    Essa leveza me deixa enxergar o futuro, ter vontade, sentir contentamento e me mostrou que grande parte do que eu achava que impedia minha felicidade estava só na minha cabeça.

    O processo continua, mas a visão é outra, o sentimento é outro, a determinação e a coragem é outra.

    Gratidão imensa Tainá por nossos caminhos terem se cruzado. Por cada aula, cada aprendizado, pela paciência e pela sensibilidade e por tanta sabedoria. Uma profissional incrível que eu recomendo, e que espero reencontrar novamente um dia para dar um abraço bem apertado (e poder me proporcionar mais momentos mágicos de yoga com você).

    Te Desejo tudo de bom hoje e sempre, de mais maravilhoso e que possa atrav√©s da tua energia √≠mpar impactar ainda mais vidas para al√©m da minha. Namast√™. ALDINEA BRISA ūüôŹūüôĆ

  3. Gratidão Tainá, essa é a Palavra!!
    Hoje, digo com certeza que aquela nuvem não me acompanha mais! Mudanças significativas aconteceram dentro de mim.
    Momentos m√°gicos de Yoga e de Medita√ß√£o vieram para de fato mudar o meu pensar… meu interior, meu respirar, foco, crescimento, conectando-me a uma outra dimens√£o, m√°gico e sublime Universo transformador.
    Sim, ainda tenho dias ruins em minha vida, mas aprendi a lidar com as frustra√ß√Ķes, com a raiva, ansiedade e com isso a vida ficou mais leve, bem melhor de ser vivida.
    Essa leveza me deixa enxergar o futuro, ter vontade, sentir contentamento e me mostrou que grande parte do que eu achava que impedia minha felicidade estava só na minha cabeça.
    O processo continua, mas a visão é outra, o sentimento é outro, a determinação e a coragem é outra.
    Gratidão imensa Tainá por nossos caminhos terem se cruzado. Por cada aula, cada aprendizado, pela paciência e pela sensibilidade e por tanta sabedoria. Uma profissional incrível que eu recomendo, e que espero reencontrar novamente um dia para dar um abraço bem apertado (e poder me proporcionar mais momentos mágicos de yoga com você).
    Te Desejo tudo de bom hoje e sempre, de mais maravilhoso e que possa atrav√©s da tua energia √≠mpar impactar ainda mais vidas para al√©m da minha. Namast√™. ALDINEA BRISA ūüôŹūüôĆ

  4. Que texto lindo e bem escrito, de forma simples e clara para algo t√£o grandioso e complexo como a filosofia da Yoga. N√£o me espanta, afinal veio da Tain√°. Tain√° √© um daqueles acontecimentos que me mostraram que o divino existe e se apresenta para mim, mas tamb√©m para todos: basta estarmos atentos. E de uma maneira m√°gica, mas certeira, tivemos esse encontro (O Universo falou comigo nesse dia). A Tain√° √© muito al√©m do que minha mentora, come√ßamos essa jornada h√° 6 meses, e ela com muito afeto tem transformado minha vida com yoga e ayurveda. Quando a conheci, estava imersa em sofrimento, e son muitos v√©us de ilus√£o, o corpo anemico, inflamado h√° anos e cheio de v√≠cios. O meu ego acreditava que eu estava muito bem, afinal meus h√°bitos eram melhores do que de muita gente. Mas ela com sua paci√™ncia e sabedoria, tem me mostrado que Yoga n√£o √© apenas a pose bonita para o instagram ou ter uma dieta vegetariana, o caminhar pelo auto conhecimento e o dominio da mente vai muito al√©m, e passa por lugares sombrios que jogamos por debaixo do tapete. √Č preciso enxergar e iluminar, e lidar com monstros tamb√©m, faz parte do processo. Voc√™ quer ter uma alegria imediata en detrimento de doen√ßas e sofrimento por anos?
    Eu a agradeço todos os dias na minha meditação (que antes dela achava que não era coisa pra mim), por me ajudar tão lindamente a rever minha relação comigo mesma, com os outros e com o planeta. Yogar é um todo muito maior. Sou uma bebê recém nascida nesse processo, mas em poucos meses tive mudanças significativas e sustentáveis na minha vida, e tudo isso se deu pela Taina conseguir ser o veiculo de me passar esse conhecimento milenar. Gratidão Tainá por ser essa profissional exemplar, persistente, doce mas assertiva.

  5. Que maravilhoso esse artigo escrito pela Tain√°, que √© uma pessoa e uma profissional incr√≠vel, que tive o prazer de conhecer no retiro de Carnaval desse ano de 2023, foi meu primeiro contato com o yoga, com Ayurveda, a pr√°tica do sil√™ncio, muitos aprendizados que venho buscando colocar em pr√°tica. Os dias l√° no s√≠tio me despertaram pela busca de conhecimento por esses temas, inclusive seguir o VidaVeda e suas dicas maravilhosas…Amei ler esse artigo, parab√©ns Tain√°! Parab√©ns VidaVeda…E obrigada por compartilhar seus conhecimentos ūüėćūüę∂ūüŹĺūüßėūüŹĺ‚Äć‚ôÄÔłŹūüĆŅūüĆĽ

  6. Maria Francesca da Costa Soares

    Sou praticante de Yoga a quase 6 meses e posso afirmar sem sombra de d√ļvidas que esta filosofia est√° transformando minha vida em todas as √°reas e em todos os planos. O Yoga √© “viciante” vc come√ßa e quer aprender mais e mais. No come√ßo como meu corpo estava praticamente paralisado tive algumas dificuldades com os √°sanas mas agora j√° me sinto muito melhor! E a paz interior ent√£o nem se fala! Recomendo plenamente! Namast√©.

  7. Parabéns pelo artigo, Tainá! Muito bem escrito e detalhado. Ainda mais apaixonada pela filosofia do Yoga.

  8. Belo texto da Tainá, mais belo ainda porque não é um testemunho vazio. Tive a sorte da oportunidade de vivenciar yoga em sua plenitude com ela: sono, meditação, alimentação e comunicação. E foi fundamental para mim, em um momento em que eu estava muito cansada e desgastada.

  9. O yoga entrou na minha vida para ficar, onde o meu primeiro contato com a prática foi num retiro de silêncio de 10 dias que fiz no Sítio Mauna, sob os delicados cuidados da Tainá. Eu que não estou acostumada a ser cuidada e me entreguei à experiência com abertura e coragem. Tainá esteve o tempo todo atenta às minhas necessidades e me salvou de uma terrível dor de cabeça com um abençoado comprimido, chocolate amargo e amor. Que mulher, gente! Nem precisava ser linda. Contudo, sua beleza maior não é efêmera, está ancorada dentro.

  10. Parabéns pelo artigo Tainá!
    E gratidão por tudo que vivi no retiro de silêncio e por todo suporte a parte, minha vida vem sendo transformada, estou mais perceptível as coisas que vem até mim, mais atenta aos meus comportamentos… depois do retiro tbm me percebi mais paciente e amorosa, família toda agradece rs.
    Ontem comecei 21 dias de yoga como um meio de tornar um h√°bito.
    E por causa de vocês, hoje já sinto vontade fazer o curso de yoga como uma filosofia de vida realmente.

    Gratid√£o por tanto ‚ô•ÔłŹ

Deixe um coment√°rio

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cadastre-se para receber atualiza√ß√Ķes por email