Como tratar candidíase de acordo com o Ayurveda

Por Matheus Macêdo

Candidíase é uma infecção causada por um tipo de fungo específico, a Candida. Essa infecção pode levar a sintomas clínicos superficiais, como o sapinho, na boca, até infecções graves, como a candidíase invasiva.

Existem mais de 150 tipos de Candida. Mas apenas 15 são considerados agentes infecciosos, sendo que a Candida albicans é responsável por cerca de 80% dos casos de candidíase.

Mas o que é candidíase na prática e como ela surge?

O que é candidíase?

Candidíase é uma infecção causada por mais de 20 tipos de fungos da espécie Candida, entre elas, a Candida albicans, que é a mais conhecida.

A Candida faz parte do microbioma do ser humano. Portanto, ter Candida é perfeitamente normal. Ela faz parte de você.

A questão é que, quando seu organismo está em equilíbrio, não acontece nada. Você nem percebe que ela existe. 

Mas, quando tem algum tipo de desequilíbrio no seu microbioma, a cândida se prolifera mais do que deveria em locais inadequados, causando dois tipos de infecção: a localizada e a sistêmica.

A candidíase localizada é aquela que se restringe a um lugar específico, como os órgãos genitais, a boca ou a pele. Já a candidíase sistêmica é aquela que se espalha pela sua corrente sanguínea, afetando outras partes do corpo, como rins e coração.

Isso acontece porque seu microbioma está tão desequilibrado que a Candida encontra o terreno perfeito para se proliferar. E quem é responsável por manter o equilíbrio do seu microbioma?

É a sua imunidade. Então, quando a sua imunidade está baixa, a Candida começa a hiperproliferar em determinados locais, causando alguns sintomas.

Sintomas da candidíase

Quando eu recebo perguntas sobre candidíase, geralmente as pessoas querem saber sobre a candidíase vaginal. Por isso, vou me concentrar nos sintomas que essa infecção específica causa, tudo bem?

O primeiro sintoma mais comum da candidíase vaginal é a coceira. O segundo, é um corrimento branco espesso, que parece leite talhado, em excesso.

Outros sintomas podem ser a sensibilidade ao toque, dor ao ter relações sexuais e ardência localizada.

E como a medicina moderna costuma tratar esses sintomas?

Tratamentos de acordo com a medicina moderna

O tratamento mais comum para candidíase na medicina moderna é a administração de medicamentos antifúngicos, como fluconazol, voriconazol, anfotericina B, clotrimazol e nistatina, por exemplo. Esses medicamentos podem ser administrados via oral ou tópica (creme).

O problema dessa abordagem é o potencial de gerar uma disbiose, que é um desequilíbrio do microbioma. Isso porque esses medicamentos têm por função básica eliminar a Candida do seu organismo.

Mas lembra que ela faz parte do seu microbioma? Portanto, ela tem uma função dentro do seu corpo. E quando o medicamento elimina a Candida por completo, outros problemas podem aparecer.

É por isso que recebo com frequência pacientes com candidíase de repetição ou infecção urinária de repetição, por exemplo. Ao mesmo tempo em que elas tratam um problema, abrem espaço para que outros fungos e bactérias também se proliferem, desequilibrando ainda mais o microbioma.

Krmi roga e agni mandya

Dentro da perspectiva ayurvédica, a candidíase está dentro do que chamamos de krmi roga. Ou seja, as infecções. E infecções são proliferações de vermes, fungos, bactérias ou parasitas.

Então, para saber qual é o tipo de tratamento mais adequado, o vaidya tem que saber qual é o tipo de krmi, que tipo de desequilíbrio está acontecendo no seu corpo, qual é o dosha responsável por isso…

Mas o mais importante que você precisa entender aqui é o conceito de agni mandya.

Agni mandya significa “fogo lento”. Ou seja, o seu potencial de transformar coisas dentro do seu organismo. É o que faz a linha de defesa entre você, os fungos, os vírus, os parasitas, etc. 

Nesse sentido, o agni envolve a sua digestão na pele, a digestão celular, no estômago, no intestino delgado, a sua absorção, a formação dos seus tecidos e todos os demais processos de transformação do organismo.

E quando essa capacidade de digestão está fraca, surge a disbiose ou desequilíbrio no seu microbioma. E isso pode gerar uma hiperproliferação de fungos, como a Candida.

Como tratar de acordo com o Ayurveda?

Para tratar as infecções causadas por agni mandya, você tem dois caminhos:

  • Agni dipana: fortalecer o agni (metabolismo, digestão, imunidade);
  • Ama pachana: digerir o alimento mal digerido acumulado no seu organismo.

Eu vou te explicar melhor.

Quando você come e não tem uma digestão legal, não digere o alimento direito. Esse alimento mal digerido é chamado de ama. E ama é a base da candidíase.

Então, você precisa entender por que a sua capacidade de processamento e transformação do alimento dentro do seu organismo não está legal. Você precisa encontrar a causa do desequilíbrio.

Segundo o Ashtanga Hrdayam, um dos principais textos clássicos do Ayurveda, a causa de todas as doenças do aparelho urinário e reprodutor femininos são geradas por alimentação inadequada, chamada de dushtha bhojanat, no original em sânscrito.

Próximos passos

Espero que você tenha entendido que tratar candidíase com Ayurveda começa no pilar da alimentação. E como a saúde reprodutiva feminina está totalmente ligada à qualidade do seu alimento, é fundamental que você tenha esse pilar como prioridade.

Então, se você quer se aprofundar ainda mais em como a alimentação afeta a sua saúde e como você pode evitar uma série de doenças só dando mais atenção ao que você come, eu quero te convidar para conhecer o curso online 4P1 – Os 4 Pilares da Saúde Nível 1.

Neste curso, eu te apresento os quatro pilares da saúde — alimentação, sono, movimento e silêncio — e te ensino como você pode começar a sua jornada para investigar a sua alimentação e promover mudanças saudáveis na sua rotina alimentar.

No curso 4P1 online, você vai entender melhor a importância da sua digestão, como o alimento se transforma em tecidos e como manter uma alimentação equilibrada pode te levar a ter uma vida bem mais saudável.

Abraços e lembre-se sempre: SAÚDE É LIBERDADE!

8 comentários em “Como tratar candidíase de acordo com o Ayurveda”

  1. Oi, amei tudo que li, e morro de vontade de participar do curso.
    Tudo que vejo em seu canal, todas a informações, tento passa-las pra frente em conversas com Amigxs, ou mesmo no local onde trabalho.
    Obrigada por tudo.

    1. Olá, Luciana!
      É importante que você procure por um profissional de saúde da sua confiança para verificar o porquê dessa cândida de repetição.
      Caso queira se consultar com o Vd. Matheus, você pode escrever para o [email protected]. Mas o tempo de espera está em aproximadamente 10 meses.
      Um abraço e qualquer dúvida estamos à disposição!

  2. Pois é matheus eu tinha candidíase a repetição desde criança até que cai numa nutri ayurvédica fantástica que tratou a minha disbiose… bom tratou meu agni e regulamos basicamente o tipo de carboidratos que eu consumo para não dar sustrato em excesso para elas, foi fácil? No começo não! Nada fácil é isso que eu já me alimentava muito bem mas foi dureza ! Valeu a pena? Demais!!! Regulei todos os desequilíbrios que tinha e continuo na linha dos cuidados

    1. Sensacional o seu feedback, Mariana!
      Nunca é fácil mudar de hábitos, mas quando vemos os resultados, vale muito a pena.
      Gratidão pelo seu depoimento!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *