Vanguardistas da saúde: Uma prosa de Matheus Macêdo e Bela Gil

Blog

18/02/2020
Vanguardistas da saúde: Uma prosa de Matheus Macêdo e Bela Gil

Em entrevista ao Vida Veda, Bela fala sobre o que a motiva a lutar por alimentação mais saudável, justa e igualitária

Por Anelize Moreira, gerente de escrita e Carlos Ferreira, editor de texto do Vida Veda.

A apresentadora de TV Bela Gil abriu caminho para a discussão sobre a alimentação saudável em rede nacional. Bela foi bastante criticada e considerada “diferentona” ao falar das suas escolhas e rotinas diárias.

De pasta de dente de cúrcuma, a lancheira da filha com frutas e produtos naturais, passando pelo churrasco de melancia, tudo isso virou motivo para memes e polêmicas nas redes sociais. 

Mas, nada impediu a chef de cozinha e nutricionista de seguir adiante naquilo que foi impulsionada a fazer: lutar pela ampliação do debate de alimentação saudável no Brasil.

“A vontade de viver em um mundo melhor, em harmonia com a natureza, em paz com nós mesmos e promover o bem de todos é o que mais me instiga”, diz a Bela Gil em entrevista ao Vd. Matheus no Projeto 0800, no dia 7 de fevereiro.

As receitas não tradicionais, com alimentos regionais, com respeito ao meio ambiente e quem vive da terra. Essa proposta de Bela de uma alimentação mais consciente e natural passou a inspirar interessados em ter um estilo de vida mais saudável. 

E aos poucos ela foi ganhando cada vez mais seguidores que compreenderam que, o que ela falava não era algo assim tão novo, e que a “comida de panela”, como a apresentadora mesmo define, aquela caseira, feita com ingredientes naturais, não é muito diferente do que a nossa avó fazia.

“Eu não tô aqui pra julgar a vida de ninguém, para apontar dedo, mas para mostrar que existe uma alternativa, maneiras incríveis, holísticas e milenares. Que a gente pode adaptar nossa vida moderna, muitas vezes caótica para uma vida mais saudável, mais bonita, mais gostosa.”, ressalta Bela.

Complementando a fala de Bela, Matheus conta que o combustível para o trabalho que realiza é a gratidão. O Vida Veda recebe todos os dias pelas redes sociais diversas histórias de transformação.

“As pessoas me mandam mensagens dizendo: “Matheus, isso salvou a minha vida; isso mudou a maneira como eu lido com a minha família; isso mudou a saúde do meu pai”, comenta o Vaidya Matheus.

Bela se interessou por alimentação natural ainda na adolescência, quando começou a praticar yoga em 2002. Com mais consciência do próprio corpo passou a perceber o impacto positivo da alimentação. 

“Aos 18 anos fiz um curso de nutrição ayurvédica, culinária natural e depois nutrição. Nesse meio tempo, enquanto eu fazia faculdade, assim que me formei como chefe, comecei a cozinhar pra amigos e na casa das pessoas. Quando terminei a faculdade, dava aula de culinária e consultas em casa . Logo depois, vim para o Brasil e comecei o programa de TV.”, conta a nutricionista.

Alimentação saudável e infância

Bela brinca que a sua visão de saúde pode ser considerada tropicalista e por isso, enfrentou todas as críticas para continuar o seu trabalho compartilhando que outras formas de viver são possíveis.

Durante a entrevista, a chef de cozinha cita uma frase da jornalista e escritora Sonia Hirsch: A saúde é subversiva porque ela não dá lucro pra ninguém.

“Falar de saúde na mídia é muito complicado, principalmente porque alguns tipos de profissionais ganham dinheiro com produtos farmacêuticos. Mas, eu não posso negar as minhas origens, tenho um pai tropicalista. Eu não puxei necessariamente a veia musical, mas puxei a veia vanguardista tropicalista”, explica a filha do cantor e compositor Gilberto Gil.

O Vaidya Matheus explica que os valores estão invertidos, pois ser normal hoje em dia é comer produtos industrializados, estar sempre doente, morrer de doença cardiovascular e de câncer. E anormal ou diferente é quem se alimenta de maneira saudável.

Bela Gil enfatiza a importância de ensinar as crianças e jovens sobre alimentação. E que espera que daqui alguns anos um filho comer brócolis gere menos estranhamento nas pessoas do que hoje em dia.

“Deveríamos estar alimentando bem as crianças nas escolas, com ótimas merendas, para não ficarem doentes no futuro. A prevenção é muito importante e é isso que o Ayurveda mais preconiza. A gente tem que prestar mais atenção na educação infantil, essa é a melhor forma de uma sociedade não ficar mais doente do que já está”, diz a ativista da alimentação saudável e consciente. 

Em seu último livro, a nutricionista aborda o combate ao desperdício de alimentos. “Da raiz à flor” traz receitas de como reaproveitar partes dos alimentos, como cascas, folhas e ramas.

Bela Gil enfatiza a importância de profissionais como ela e o Vd. Matheus Macêdo continuarem a falar sobre saúde de forma abrangente. Formas de viver sustentáveis, que englobem não só o indivíduo, mas o meio em que vivemos.

“Acho que cada um tem seu papel e a união faz a força. Ter você fazendo seu trabalho [Matheus], a Laura Pires fazendo o trabalho dela, outros chefs e nutricionistas, é maravilhoso. Todo mundo que está pensando na saúde e no meio ambiente, no bem-estar da sociedade estamos nos unindo e nos ajudando. Botando a cara a tapa, cada um a sua maneira, e abrindo caminho para os outros”, finaliza Bela.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • D4Sign

    Copyright 2021 - Todos os direitos reservados a Vida Veda