Supercentenária: você já pensou em ser uma?

supercentenaria

Até hoje, o ser humano mais longevo da história foi Jeanne Calment, uma francesa que viveu até os 122 anos e faleceu em 1997. No Brasil, esse recorde pertence à cearense Francisca Celsa dos Santos, que morreu em 2021, aos 116 anos de idade. Atualmente, a pessoa mais velha do mundo é a japonesa Kane Tanaka, com 118 anos.

Jeanne, Francisca e Kane são exemplos de mulheres supercentenárias, que contrariam as expectativas de vida de seus países e ultrapassaram um século de vida. 

Supercentenário é a palavra que define pessoas acima de 110 anos de idade. Quer saber mais sobre eles e sobre hábitos que geram longevidade? Leia este artigo!

Qual é o limite dos supercentenários?

Não sabemos ao certo a quantidade de supercentenários existentes no mundo, pois os registros de nascimento do início do século XX são facilmente falsificáveis e nem sempre exatos. Entretanto, o que sabemos é que a quantidade de supercentenários tende a aumentar com o tempo, porém, ainda é reduzida. 

Enquanto os centenários (pessoas até 109 anos), somam mais de 300.000, os supercentenários (acima de 110 anos) não passam de 450. Ultrapassar os 110 anos é raríssimo, mas está ficando cada vez mais comum na espécie humana. 

Como posso me tornar uma supercentenária?

A partir dos avanços da medicina, a expectativa de vida dos seres humanos é cada vez maior, mas no Brasil está apenas em torno de 76 anos. Alcançar a longevidade extrema vai além, exige cuidados com o corpo ao longo de toda a vida. 

Os dados mais completos sobre pessoas supercentenárias são frutos de pesquisas comandadas pelo doutor Thomas Perls, professor de Medicina e Geriatria na Boston University e grande estudioso da longevidade humana. As pesquisas do Dr. Perls demonstraram que cerca de 90% dos centenários viviam de forma independente até os 90 anos de idade. 

Isso significa que essas pessoas chegaram à uma idade avançada sem deficiências graves e sem precisar de auxílio nas tarefas cotidianas. Por isso, podemos dizer que a qualidade da vida diária está diretamente relacionada à longevidade supercentenária.

Ainda de acordo com o estudo, 70% do impacto de como os idosos vivem até os 80 anos será devido a seus comportamentos relacionados à saúde e cerca de 30% deve-se aos seus genes. Após os 80 anos, os genes passam a ser cada vez mais importantes, mas ainda precisam de estímulos positivos do corpo para levar à longevidade. 

Ou seja, a única maneira de ultrapassar a marca dos 110 anos e se tornar supercentenária é cultivando hábitos saudáveis durante toda a vida. Mais do que viver muito, viver com qualidade, independência e saúde é o que realmente importa. 

Confira agora quais são os comportamentos mais relevantes para quem busca a longevidade:

Alimentação natural

A alimentação baseada em vegetais, como frutas, verduras e legumes é o fator mais importante para a longevidade, assim como para a saúde humana em si. Nesse sentido, você deve optar por produtos orgânicos. 

Além disso, você deve evitar produtos ultraprocessados, com corantes, conservantes em excesso e adoçantes artificiais, assim como as bebidas alcoólicas e a cafeína

É a alimentação que fortalece o sistema imunológico e ajuda a prevenir uma série de enfermidades a longo prazo, inclusive doenças crônicas. Tudo o que comemos altera o equilíbrio do nosso corpo, por isso a alimentação balanceada é tão importante para o organismo. 

Hidratação

Boa parte do corpo humano é composto por H²O. Diante disso, é a água que leva os nutrientes para as células, que dilui as impurezas do corpo e que regula a temperatura corporal. Portanto, a hidratação é necessária para manter o corpo funcionando corretamente.

Dessa forma, consumir entre 2 e 3 litros de água por dia está entre os hábitos que podem levar uma pessoa a ser supercentenária. Mas atenção: a quantidade correta para pessoa deve ser calculada por um profissional da saúde, a partir do peso corporal.

Higiene bucal

Você sabia que uma higiene bucal ruim pode levar a problemas cardíacos? O motivo é que uma inflamação na gengiva pode se disseminar pela corrente sanguínea e até aderir ao coração. Por isso, uma boa escovação e o uso do fio dental são hábitos que podem prevenir esse tipo de problema.

Além disso, no Ayurveda indicamos também o raspagem diária da língua pela manhã. É uma maneira de limpar a boca de possíveis toxinas liberadas durante o sono, além de melhorar o paladar e estimular a digestão.

Estímulo mental

Manter a mente ativa diminui a degeneração natural dos neurônios, reduzindo também o risco de doenças neurológicas, aumentando a capacidade cerebral e mantendo a sanidade por mais tempo. Ou seja, exercitar o cérebro é essencial para a pessoa poder alcançar o status de supercentenária.

Aprender um novo idioma, ler, fazer palavras-cruzadas, resolver problemas de lógica e exercitar a memória são algumas maneiras de estimular a mente.

Atividade física

Além da atividade mental, a atividade física também é necessária para quem deseja passar dos 110 anos. O exercício melhora a sua flexibilidade, gera disposição, fortalece a musculatura e combate o estresse.

Estudos como o de Alexander Mok e colegas indicam que o exercício físico influencia diretamente na expectativa de vida. Pessoas fisicamente ativas têm menores chances de desenvolver doenças cardiovasculares, câncer e diabetes, por exemplo. Já o sedentarismo favorece o aparecimento dessas doenças, além da obesidade, falta de força muscular e cansaço excessivo.

Sono de qualidade

O período em que estamos dormindo é essencial para que o corpo se recupere, além de fortalecer o sistema imunológico, equilibrar os hormônios e gerar energia. Sem um sono reparador, você pode desenvolver estresse e está mais propenso a ter doenças cardiovasculares. Dormir mal ou dormir pouco pode desequilibrar todo o organismo.

A maioria das pessoas deve dormir entre 7 e 8 horas por noite. A insônia pode inclusive ser um indicativo de outros problemas de saúde.

Ser supercentenária tem duas premissas: boa genética e hábitos saudáveis. A formação desses hábitos requer esforço, mas certamente produz inúmeros benefícios. Além de contribuir na sua jornada para viver mais de um século, são eles que geram qualidade de vida e bem-estar!

Nossa missão no Vida Veda é exatamente te dar todas as ferramentas que você precisa para colocar mais anos na sua vida e muito mais vida nos seus anos.

Abraços e lembre-se sempre: SAÚDE É LIBERDADE!

Matheus

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *