Sono é entrega - VIDAVEDA

Blog

19/05/2020
Sono é entrega

Como estabelecer uma rotina de sono adequada em tempos difíceis?

Por Alice Azara estagiária de conteúdo e Anelize Moreira, gerente de escrita do Vida Veda 

No último artigo falamos sobre como a quarentena afeta a nossa rotina, sobre como refletir a respeitos dos nossos costumes e construir hábitos positivos diários. As alternativas de transformação são infinitas, e podemos começar por algo que fazemos cotidianamente, mas que não nos damos conta de como influencia significativamente a nossa saúde. Estamos falando dos 4 Pilares da Saúde: Sono, Alimentação, Movimento e Silêncio.

De acordo com o Vd. Matheus Macêdo, idealizador da metodologia dos 4 Pilares, esta surgiu a partir dos três pilares já existentes no Ayurveda e nas culturas védicas. Para o Ayurveda, uma vida saudável é pautada por: ahara (alimentação), nidra (sono) e brahmacharya, que pode ser entendido como uma prática de ética, moral e auto-observação. Os quatro pilares da saúde são uma adaptação prática do tripé listado anteriormente, simplificando o entendimento de brahmacharya em dois pilares: movimento e silêncio.

“Acredito que todo mundo deveria todo dia se preocupar com o que come, cuidar do seu sono, nutrir práticas de movimento inteligentes, e fazer um pouco de silêncio todo dia, seja na forma de meditação ou apenas uma pausa, para silenciar e se ouvir. Esses pilares são fundamentais para manter uma vida saudável. E o que é uma vida saudável na visão do Ayurveda é uma vida feliz. Felicidade é igual à saúde. Infelicidade é igual a sofrimento, à doença.”, explica Matheus.

E você pode estar se perguntando: já sei o que são os 4 Pilares, mas como começar a colocá-los em prática? Você pode começar descansando e construindo uma rotina de entrega profunda ao sono.

Entregar-se ao sono é fundamental para que o descanso seja de qualidade. De acordo com o Caraka Samhita, Sūtrasthāna, capítulo 21, o ato de dormir, também referenciado como Nidra, é a localização da mente em um lugar desconectado dos órgãos motores e sensoriais.

A construção de uma rotina de sono em uma situação de pandemia pode parecer uma ideia utópica, principalmente para aqueles que enfrentam esse momento e, ao mesmo tempo, precisam cuidar dos filhos, dos afazeres domésticos e se adaptar a novas rotinas de trabalho.

Thaiane Moregola, mãe da Joana de 3 anos, faz parte da equipe de Relacionamento do Vida Veda, e compartilhou com a gente como tem administrado o trabalho home office, as novas demandas da quarentena e a maternidade.

Para ela, o maior desafio em ser mãe é manter uma rotina de sono. “É ser firme na hora de cumprir os combinados. Muitas vezes acabo cedendo mais um pouco, mais um livrinho, mais uma brincadeira, e isso depois vira um acúmulo de cansaço que gera choro, birra, etc, e não é bom para ninguém”, narra Thai, como é conhecida.

Créditos: Freepik

O vaidya Matheus Macêdo concorda com Thai. É essencial estabelecer uma boa rotina de sono, pois isso irá impactar diretamente na qualidade do sono e consequentemente na saúde. Matheus explica que se você deseja adequar a sua rotina é essencial compreender que o espaço onde se dorme, o quarto, deve ser um templo do sono. E ele deve ter algumas características que favoreçam o recolhimento: local escuro, silencioso, e sem interferências externas.

Ou seja, para conseguir dormir direito, precisamos criar um ambiente adequado para dar suporte a essa interiorização que ocorre no momento do sono. A qualidade do sono está relacionada à nossa capacidade de desconexão, de entrega.

“De acordo com o Caraka Samhita, o sono acontece quando o coração se recolhe como uma lótus de noite e você perde a consciência do mundo exterior, isso é nidra. Ou seja, é quando você recolhe completamente os sentidos. Se você fica ligado, por exemplo, nas mensagens do celular que apitam do lado da cama, você consegue ter uma boa noite de sono? Não, porque o celular está ligado ao mundo exterior.”, explica o vaidya.

Atualmente, muitas pessoas se veem dependentes de remédios para conseguir descansar no final do dia. Mas esses medicamentos não necessariamente restabelecem uma rotina saudável de repouso noturno. Quando estamos com a saúde em dia, nosso corpo se encarrega de produzir exatamente aquilo de que precisamos para alcançar um repouso de qualidade e, neste caso, a melatonina exerce papel fundamental.

A nutricionista Rosana Dantas explica que, apesar de ficar amplamente conhecido como um suplemento pra dormir, a melatonina é um hormônio natural produzido pela glândula pineal, no cérebro, durante a noite, e ajuda na sincronização de vários processos fisiológicos e metabólicos no corpo.

Além de descansar o corpo, o sono é importante para manter a saúde física e mental, para manter o bom funcionamento do sistema imunológico, endócrino, neurológico, entre outras funções.

A nutricionista que está à frente da página Dieta Científica e se especializou em neurociência também chama a atenção para a relação entre a exposição à luz de equipamentos eletrônicos e o impacto na produção de melatonina.

“A gente se afastou muito do modo de viver de 40 anos atrás. Temos uma luminosidade artificial em excesso: celular, TV, computador…e isso interfere na produção de melatonina que precisa de escuro absoluto. O que a gente pode fazer para melhorar nossa produção endógena de melatonina é deixar de ter o contato com esses equipamentos eletrônicos e fazer atividades como ler, meditar, bordar, rezar próximo da hora de dormir.”, diz Rosana.

Todos esses aspectos influenciam não somente a qualidade do sono como também a qualidade do seu dia. Para a Thai, uma noite bem dormida significa mais disposição para brincar e mais criatividade para inventar histórias com a filha. Para isso, ela e a família têm mantido uma rotina noturna durante a quarentena.

Arquivo pessoal: Thaiane Moregola

“Logo que a quarentena começou, coincidentemente eu comecei a trabalhar e tivemos que adotar uma rotina mais rígida em casa. Acredito que sem essa motivação, estaríamos um pouco mais enrolados em relação ao sono, pois não teríamos compromissos ou ‘hora para dormir e acordar’! Estamos (meu marido e eu) mais atentos aos horários das refeições e o timing certo para começarmos a nos preparar para ir dormir. Isso está fazendo toda a diferença no nosso descanso!”, diz Thai.

Incorporar uma rotina que prepare seu corpo para a entrega ao sono pode soar como uma tarefa difícil, principalmente para aqueles que também cuidam dos filhos. Mas esta é uma tarefa possível e, apesar dos esforços, valerá a pena no dia a dia. 

Thai comenta que gerenciar esse processo sozinha com todas as outras responsabilidades é uma tarefa árdua. “Acho mais importante é, se possível, compartilhar a responsabilidade com outro adulto que esteja próximo e tenha, ou queira ter, vínculo emocional com a criança.”

O que recomendamos, portanto, é que você comece a colocar em prática uma rotina de relaxamento que prepare seu corpo para uma noite de descanso profundo. Comece respondendo: quantas horas de sono você precisa para descansar? Deixe de lado o celular e a televisão; aproveite esse momento noturno para se aproximar da família ou até mesmo se recolher e refletir sobre o dia que passou, meditar e se entregar serenamente à desconexão do mundo exterior.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • D4Sign

    Copyright 2021 - Todos os direitos reservados a Vida Veda