3 Perguntas Pra Você Realizar Seus Sonhos em 2020 - VIDAVEDA

Blog

31/12/2019
3 Perguntas Pra Você Realizar Seus Sonhos em 2020

Convidamos você a olhar para o seu ano e identificar o que não dá mais pra esperar para realizar em 2020. E adiantamos: sem coragem, nenhuma mudança começa a acontecer.

Por Anelize Moreira, Lara Pascom e Matheus Macêdo.

Prometo entrar na academia, cuidar mais da alimentação, ser mais paciente, me relacionar melhor com os meus colegas de trabalho, não brigar com a família por política, dedicar mais tempo aos meus filhos, mudar de carreira, de cidade…

Antes de pegar caneta e papel e fazer a listinha de querências para o próximo ano, te convido a fechar os olhos e respirar fundo três vezes. Esvazie os pulmões e ainda com os olhos fechados responda às seguintes perguntas a si mesmo:

  • O que aconteceu em 2019 que você considerou um sucesso? E o que você aprendeu com essa realização?
  • O que você gostaria de ter realizado, mas não conseguiu?
  • O que não dá mais pra esperar pra se tornar realidade?

Mas você pode perguntar: por que começar pelo balanço interno? Simples, porque é dentro de você que habita o melhor guia para as suas inquietações e desejos. O silêncio nos ajuda a sair do piloto automático e nos deparar com o que somos de verdade.

Pro Matheus, por exemplo, algo considerado um sucesso em 2019 foi o crescimento da equipe do Vida Veda. Começamos o ano com 3 pessoas e estamos terminando com 12. “A sensação que fica é de esperança nas pessoas, que os seres humanos são incríveis e que tem potencial enorme pra fazer acontecer”.

Já a Lara Pascom, nossa gerente de relacionamentos, respondeu que a sua realização do ano foi encontrar um lugar para trabalhar com tudo que ela acreditava. Ela termina 2019 agradecida, sabe por quê? Decidiu pular o muro e abraçar o seu ideal. Mas pra isso precisou passar por uma crise existencial, um luto e confiar que atrás do muro existiam possibilidades de viver melhor.

E parece que algumas frases se repetem todo final de ano: mais uma vez não foi possível; melhor desistir; não sei se esse sonho dá pé. Pois é, essa crença negativa pode ser o muro que separa você daquilo que você quer fazer na vida.

Mas, como a Lara conseguiu concretizar seu sonho? Ela vivia em São Paulo e sentia uma incoerência gigante em trabalhar com saúde e ter dificuldade de estar saudável. Tinha um emprego que gostava bastante, mas sentia que tinha algo de errado e ela precisava descobrir o que era. Falou com o chefe sobre sair do emprego e ele disse: pense durante três meses. Ela pensou e a resposta foi clara: ela não queria mais viver aquela vida. Pediu as contas.

Foi morar perto da natureza, em Florianópolis, onde viveu pouco mais de um ano. Para estar mais próxima da avó, que necessitava de cuidados, se mudou para Neves Paulista, interior de São Paulo. Mas no dia do seu aniversário bateu um conflito, saudades dos amigos e se questionou “Como posso ser professora de yoga e estar tão triste?”.

Ela então sentiu que precisava de um professor para continuar no caminho e ir em direção ao que ela acreditava. Foi aí que surgiu o Vida Veda. Ela enviou um vídeo para o Matheus. Era uma completa desconhecida, apenas abrindo seu coração e dizendo que gostaria de trabalhar no projeto.

A partir daí virou assistente do Matheus e agora é gerente de relacionamentos. Hoje ela transborda na fala, nos olhos claros e no sorriso o quanto está satisfeita. E aliás sempre reforça, quer contar pra todo mundo: gente, outra forma de vida é possível!

O que fez a Lara chegar onde ela queria estar? Ela se perguntou de onde vinha a insatisfação, se moveu e acreditou que havia outras alternativas no mundo, bastava procurar.

O problema é que geralmente buscamos fora. Um cargo melhor, um salário melhor, mais dinheiro, mas muitas vezes não mergulhamos fundo dentro de nós mesmos para descobrir o que é importante para ser feito agora.

Ficamos presos a um sistema de culpa, de crenças e de desculpas pra não sair da zona de conforto que, de felicidade, não traz nada. Sempre tem uma razão para continuar a perpetuar comportamentos não agradáveis.

Lara agiu movida por algo que vinha do coração que a fez identificar que vivia num lugar que não gostava, apesar das boas condições de trabalho, e que não era 100% de tudo aquilo que ela queria. Ela acreditou que era possível. E acreditar que é possível faz toda a diferença.

E aí você pensa: ah, o ano foi difícil, super pesado, melhor aceitar da melhor forma essa situação e fazer coisas só pra amenizar essa zona de (des)conforto. Aí chega no final do outro, mais uma vez você se depara com o seu sonho bem ali, parado, te perguntando de novo, o que aconteceu que você me esqueceu?

Aí você acorda e faz de tudo para suportar mais um dia. Mais uma semana. Mais um ano. Espera as férias e passa a acreditar que esse é o seu momento de ser feliz e que está bom, e que dá pra se contentar com isso.

Uma coisa é agradecer tudo que você já conquistou, outra é desejar e olhar pra frente. Você pode dar mil desculpas e todas serão aceitáveis, mas quando você se coloca no lugar de desconforto e de possível rejeição, é nesse lugar a mudança acontece.

O ano que vem é uma folha em branco. Podemos fazer diferente, mudar hábitos, realizar.

O primeiro passo é identificar o que pode mudar. O que não dá mais pra esperar?

A mudança não tem fórmula, mas precisa ter sinceridade. O resto acontece, é quase mágica.

Para o Matheus o que não podia esperar era promover um congresso. Chamado para participar de vários, ele tinha vontade de colocar um congresso no mundo, do seu jeito. E então a sua ideia ganhou corpo e está se tornando realidade.

O ConVIDA, Congresso Vida Veda de Medicina Integrativa, vai acontecer entre os dias 20 e 26 de janeiro, totalmente gratuito e online, com mais de 40 experts dedicados à promoção de uma vida mais saudável. E olha só, ele já está aí bem pertinho e já batendo na nossa porta.

Esse texto, escrito a seis mãos, é um exemplo de que um sonho pode se tornar possível, principalmente quando começamos a botar ele no mundo em conjunto com outras pessoas. Não tem até aquela frase bíblica que diz: junte-se aos bons e serás um deles?

Lembre-se somos 20 mil pessoas empurrando um sonho em 2020 adiante. Então bora!

___________________________________________________________________

Mini bio: Lara Pascom é formada em Relações Públicas com ênfase em comunicação integrada formada pela Universidade Anhembi Morumbi, instrutora de yoga formada na Humaniversidade, participou do ciclo de desenvolvimento humano e empreendedor do Flowmakers. É gerente de relacionamentos no Vida Veda, cocriadora da Sadhana Coletiva e dá aulas de yoga.

Ela contou a sua trajetória no Vida Veda Entrevista, no último dia 28/12. Confira a entrevista na íntegra:

https://youtu.be/v7mQyd5hvuY

Depoimentos ao longo da live:

Liliane Alonso: ​Tô ouvindo isso e me identificando muito. estou passando pelo mesmo conflito nesse momento. sou professora de yoga, mas não me sinto feliz e plena como normalmente as pessoas esperam.

Adryana Provetti Scardini: ​Que trajetória!! A gente se encontra de fato no caminho

Vanessa Faria: ​me sentindo muito sortuda por estar presente nesse encontro!

Ediana Roberta Duarte Manhas: ​Perfeito esse nosso encontro de hoje .. por um mundo bem melhor

Carla Rocha​atuar: em relações saudáveis é a sua habilidade, Lara. Tornar ou mostrar caminhos para que os relacionamentos encontrem um lugar de saúde. Lindo caminho!

Claudia Ribeiro: ​Quando a gente ouve a Lara com seus objetivos, a gente pode nos orgulhar desta geração️️

Virginia Hatsue: ​gente, que presente!!

Soraya Gomes: ​Que tema maravilhoso! Larinha, é uma dádiva lhe ouvir. Matheus, a cada dia estou mais encantada com o Vida Veda! Gratidão!

 



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • D4Sign

    Copyright 2021 - Todos os direitos reservados a Vida Veda